Mercado da Bola

Brasileirão: Times contratam mais 37 jogadores após o fim dos estaduais

Após uma brecha no regulamento, a primeira janela de transferências chegou ao fim na última sexta-feira. Dos 20 clubes do Brasileirão Série A, 16 equipes anunciaram novos jogadores neste período estendido, que foi do dia 11 de janeiro até 19 de abril.

O prazo inicial era até 7 de março, e os times já haviam movimentado o mercado da bola. Porém uma brecha no regulamento permitiu que novas inscrições de atletas que disputaram os campeonatos estaduais. Com a possibilidade, os times se mexeram e contrataram mais 37 jogadores para o restante da temporada.

Apenas CorinthiansCuiabáFluminense e Palmeiras não se reforçaram após a disputa dos estaduais. O time comandado por Abel, entretanto, anunciou um pré-contrato com Felipe Anderson, porém o meia só chega para a segunda janela do Brasileirão e deve ser apresentado em julho.

Veja os reforços na janela “extra” do Brasileirão:

ClubeJogador
Athletico-PRZé Vitor
Athletico-PRNikão
Athletico-PRGabriel
Atlético-GOGustavo Campanharo
Atlético-GOMax
Atlético-GODerek
Atlético-GOMarcão
Atlético-GOGustavo Daniel
Atlético-GORaí
Atlético-MGRobert
BahiaCarlos De Pena
BotafogoÓscar Romero
BotafogoCuiabano
BragantinoPedro Henrique
CriciúmaYannick Bolasie
CriciúmaMatheusinho
CriciúmaArthur Caike
CriciúmaRonald
CriciúmaNewton
CruzeiroGabril Grando
FlamengoCarlinhos
FortalezaEmmanuel Martínez
FortalezaFelipe Jonatan
FortalezaBreno Lopes
GrêmioRafael Cabral
GrêmioEdenílson
InternacionalFabricio
JuventudeJoão Vitor
JuventudeGabriel Inocêncio
JuventudeMarcelinho
JuventudeThiaguinho
JuventudeDaniel Peixoto
São PauloSabino
VascoHugo Moura
VitóriaJanderson
VitóriaBruno Uvini
VitóriaWillean Lepo

O clube que mais contratou neste período foi o Atlético-GO, campeão do Goiano 2024. Ao todo, foram seis novos nomes para o elenco. Vice-campeão Gaúcho, o Juventude aparece na sequência com cinco reforços. O Criciúma também anunciou cinco novidades para a temporada.

Os campeonatos estaduais servem como vitrine de jogadores vindos de times menores, que é bem usada pelos times maiores que estão no Brasileirão. Por exemplo, o Athletico-PR se interessou pelo meia Zé Vitor, vice-campeão paranaense pelo Maringá. Já o Atlético-MG tirou Robert, do Athletic.

Brasileirão 2024 será Brasileirão Betano
Brasileirão Betano teve 217 reforços entre os 20 clubes – Foto: Joilson Marconne/CBF

O Flamengo também não perdeu a oportunidade e contratou o artilheiro do Nova Iguaçu no Campeonato Carioca para o Brasileirão. Carlinhos disputou a decisão do torneio e ficou com a vice-colocação. Quem também tirou um destaque do vice-campeão carioca foi o Inter. A equipe gaúcha contratou o goleiro Fabricio.

O Vasco foi ativo no mercado e trouxe uma peça importante para suprir carências no elenco. APós o Botafogo recusar as investidas por Marlon Freitas, o Cruz-Maltino fechou por empréstimo a chegada de Hugo Moura.

No futebol nordestino, os times também se movimentaram na busca por reforços. O Fortaleza acertou com o volante Emmanuel Martínez, que era pretendido por diversos clubes brasileiros. Já o Vitória abriu os cofres para fechar a contratação de Janderson, reforço mais caro do clube.

Além do centroavante, o Vitória pagou R$ 2,5 milhões para contratar o lateral Willean Lepo, do Novorizontino. O clube baiano ainda trouxe o zagueiro Bruno Uvini, do Grêmio, e assinou contrato de dois anos com o defensor.

Falando em Grêmio, o Tricolor gaúcho foi até Minas para anunciar seus reforços para a temporada: o volante Edenílson, que estava no Atlético-MG, e o goleiro Rafael Cabral, do Cruzeiro, que se envolveu em polêmicas com a torcida após o empate válido pela Sul-Americana. O goleiro Gabriel Grando foi cedido em troca ao clube mineiro.

Balanço da 1ª janela do Brasileirão 2024

A primeira janela de 2024 se encerrou com o total de 217 reforços entre os 20 clubes do Brasileirão Betano, somando os reforços trazidos pela cláusula do regulamento da CBF com os nomes contratados até 7 de março. Houve um recorde de mais de um bilhão de reais gastos.

O Flamengo, no entanto, segue como o time que mais abriu o cofre. Foram cerca de 162 milhões de reais para teazer De La Cruz, Viña, Léo Ortiz e Carlinhos.

Siga os jogos do Brasileirão ao vivo com o 365Scores! Saiba as estatísticas, notícias, tabela de classificação, próximos confrontos e muito mais!

Botão Voltar ao topo