Bastidores

Mecenas do Atlético-MG diz que SAF do Galo será “muito diferente” da de Cruzeiro, Vasco e Botafogo

Um dos mecenas do Atlético-MG, Rafael Menin deu detalhes da futura venda do clube para uma Sociedade Anônima de Futebol e afirmou que o modelo é muito diferente das SAFs de Cruzeiro, Vasco e Botafogo.

Desenvolvido por365Scores.com

“A gente procurou fazer no Atlético uma SAF onde o Conselho, representante da torcida, tivesse uma representatividade muito importante. O clube, no desenho que foi feito, vai ter perto de 40% da SAF. É um modelo muito diferente dos outros clubes”, disse Menin em entrevista ao canal Bica Galo.

“Nos modelos que já conhecemos, de Red Bull Bragantino, Bahia, Cruzeiro, Vasco e Botafogo, o dono atual manda e pronto. Um tem 90%, a Red Bull tem 100% do Bragantino… a palavra final é do investidor, do dono da SAF, e acabou”, afirmou o mecenas do Atlético-MG.

Nossa SAF é muito diferente das outras. A gente tem buscado constituir um modelo que garanta a profissionalização do clube, mas que também garanta que a torcida, representada pelo Conselho, tenha voz ativa no clube. Esse é o modelo que a gente está propondo e acho que tem uma chance boa de dar certo”, analisou o CEO da MRV.

1 comentário

  1. Um clube nanico como esse atlético é com esse molde jamais vai conseguir algo, até parece que algum investidor vai colocar sua grana pra um presidente de clube administrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo