Copa do MundoCopa do Mundo Feminina

Ludmila rompe ligamento do joelho e deve ficar fora da Copa do Mundo

A seleção brasileira feminina deve ter um desfalque importante para a Copa do Mundo 2023, que será disputada a partir de julho, na Austrália e na Nova Zelândia. A atacante Ludmila, do Atlético de Madrid, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito. A informação foi divulgada pelo clube espanhol nesta segunda-feira (13).

Desenvolvido por365Scores.com

A jogadora se lesionou no primeiro tempo do clássico contra o Real Madrid, que terminou em 0 a 0, pelo Campeonato Espanhol. A brasileira deixou o jogo pouco antes do intervalo e foi logo fazer exames para saber a gravidade. Com a confirmação do rompimento de ligamento no joelho, ela dificilmente estará 100% fisicamente até o Mundial.

Os perfis oficiais, tanto da equipe masculina quanto da feminina, desejaram uma boa recuperação à atacante, que ainda não se manifestou.

“Estamos com você, Ludmila! Te desejamos uma rápida recuperação. Boa sorte, certeza que você voltará mais forte”, escreveu o clube.

Ludmila tem nove gols em 17 jogos pelo Atlético de Madrid na atual temporada. A equipe colchonera é a quarta colocada no Campeonato Espanhol e está na semifinal da Copa da Rainha.

Já pela seleção, tem 46 partidas com cinco gols marcados, um deles no último jogo do time comandado por Pia Sundhage. Ela fez o gol do Brasil na derrota por 2 a 1 contra os Estados Unidos, pela SheBelievesCup.

Quer se manter atualizado sobre todos os jogos em andamento? Então acesse o site do 365scores.com e saiba quais são os jogos de hoje, confira tabela de pontos da Copa do Mundo Feminina atualizada, além de ficar por dentro da classificação do Brasil.

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copa do Brasil

Botão Voltar ao topo