Brasileiro - Série AFutebol

Cruzeiro demite Nicolás Larcamón após derrota em clássico

Na tarde desta segunda-feira (8), o Cruzeiro anunciou a saída do técnico Nicolás Larcamón após a derrota para o Atlético-MG por 3 a 1 no último domingo. O comandante deixa o cargo após apenas 14 partidas no comando da Raposa.

“O Cruzeiro comunica que decidiu pela descontinuidade de Nicolás Larcamón no comando técnico da equipe. Além do treinador, deixam o clube os auxiliares técnicos Javier Berges e Damian Ayude, o analista de desempenho Miguelangel Leopardi e o preparador físico Juan Cruz Monaco. Agradecemos por todo o comprometimento no dia a dia do Cruzeiro e desejamos sucesso na sequência da trajetória dos profissionais”, publicou o clube em suas redes sociais.

Foto: Gustavo Aleixo/CEC

Contratado pela SAF comandada por Ronaldo no final do ano passado, Nicolás Larcamón dirigiu a equipe em 14 partidas, com sete vitórias, quatro empates e três derrotas.

Nos clássicos, o argentino também teve desempenho parecido, com uma vitória, um empate e uma derrota, mas a queda justamente no jogo de volta da final do Campeonato Mineiro.

O principal responsável?

“É difícil falar de porcentagem, não é matemático (responsabilidade). Eu sinto que tudo o que acontece com o time, o treinador é muito sempre responsável. Eu não tenho a capacidade de falar de quantos sou responsável. Somos uma equipe. Não falar de minha responsabilidade e, principalmente, eu sou o principal responsável, porque eu sinto que havíamos construído um caminho de nível até ficar no último jogo em condição de joga. Doeu muito, infelizmente nos escapou”, lamentou Larcamón.

“Eu também tenho essa autoanálise constante, essa avaliação constante de se o que estamos trabalhando está tendo o impacto positivo do que você pretende na hora de trabalhar, de fazer o que pretende fazer. Volto a falar, é uma situação de jogo ou derrota em uma final contra o clássico rival. A posição do treinador é muito criticável e é claro que muito das análises que a partir de agora vão fazer vão ter que ver com o resultado em si. Eu acho que é parte da regra. Agora meu trabalho é responder. Eu sinto que o time precisa ter uma resposta imediata”, analisou.

Cenário repetido no Cruzeiro

Na última temporada, o clube também perdeu seu treinador logo após o fim do estadual, com a saída de Paulo Pezzolano para Real Valladolid.

Ronaldo, dono da SAF do Cruzeiro
Foto: Gustavo Aleixo/CEC

Posteriormente, o português Pepa assumiu o cargo, mas foi demitido 25 partidas depois, após a derrota para o Grêmio, por 3 a 0, na segunda rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Quer ficar por dentro de tudo sobre temporada do Cruzeiro? Visite o site do 365Scores e saiba confira a tabela de pontos atualizada, estatísticas, elenco atualizado, transferências e mais!

Desenvolvido por365Scores.com

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.

33133 Articles

Botão Voltar ao topo