SeleçãoCopa América

Carrasco em 2004, Adriano diz que venceria a Argentina de Lionel Messi

Em conversa com o jornal argentino “Olé”, o ex-jogador Adriano Imperador não titubeou ao dizer que a seleção brasileira de 2004, em que ele era um dos principais jogadores, venceria a seleção argentina dos dias de hoje, comandada por Lionel Messi.

“Obviamente, vou dizer que venceríamos. Mas, infelizmente, não tive o privilégio de tê-lo na minha frente. Que jogador não gostaria de jogar contra Messi, para fazer parte desse show? Messi é o show. Nada precisa ser dito sobre ele. Todos os troféus, medalhas e Bolas de Ouro falam por si”, disse.

Apesar do otimismo, Adriano não deixou de valorizar os jogadores do país vizinho, relembrando parcerias que teve ao longo da carreira. “Sempre me dei muito bem com jogadores argentinos. Tive muito contato com eles na Inter. Com Javier (Zanetti), mas também com Cambiasso, Verón e Samuel. Eu não tenho nenhum problema com eles”, iniciou.

“O problema é resolvido em campo. Mas tenho muito carinho pelos argentinos. É um país com pessoas que amo muito, com quem partilhei uma equipe.  Aproveito para lhe enviar um grande abraço“, completou.

No ano em questão, Adriano fez um gol nos acréscimos da final da Copa América, contra a Argentina. A partida terminou empatada no tempo regulamentar e foi para os pênaltis, onde o Brasil sagrou-se campeão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo