FutebolCopa do Nordeste

Após atentado, Fortaleza emite nota e detalha situação de jogadores levados ao hospital

O Fortaleza emitiu uma nota oficial após o ônibus do time ser apedrejado na saída da Arena Pernambuco, após o empate em 1 a 1 com o Sport, pela Copa do Nordeste. Seis jogadores ficaram feridos e precisaram ser levados ao hospital.

O clube divulgou quais atletas do elenco foram atingidos no atentado: o goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiveram que conter sangramentos.

João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também irá realizar exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo“, diz um trecho da nota.

Em vídeo divulgado pelo próprio Fortaleza, é possível ver várias janelas quebradas, e cacos de vidros estilhaçados sobre as poltronas. Alguns dos assentos estão sujos de sangue.

O CEO Marcelo Paz, o presidente Alex Santiago e membros da diretoria acompanharam os atletas ao hospital. Os demais jogadores retornaram ao hotel.

Paz, inclusive, fez um vídeo mostrando a situação dos atletas dentro do ônibus na saída do estádio e afirmou que foi arremessada contra o ônibus uma bomba caseira. Yago Pikachu divulgou em suas redes sociais a foto de uma pedra e dos encostos dos ônibus com sangue.

Veja a nota na íntegra:

Atualização sobre a situação médica dos atletas do Fortaleza após ataque ao ônibus do clube. O ônibus da delegação do Fortaleza, que embarcava atletas, comissão técnica, staff e diretoria, foi atacado por bombas e pedras por torcedores do Sport na saída da Arena de Pernambuco após o jogo pela Copa do Nordeste.

Após o ocorrido, a delegação foi levada rapidamente e diretamente ao hospital mais próximo de Recife. Seis jogadores foram atingidos: o goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos.

João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também irá realizar exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo. Seguimos no aguardo de novas atualizações e, neste momento, estamos dando às devidas assistências aos componentes de toda delegação.

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.
Botão Voltar ao topo