BastidoresBasticast

Ricardo Rocha comenta atrito entre Pedrinho e 777 no Vasco: “Vai cuidar da piscina mesmo”

Convidado da semana do “Basticast“, Ricardo Rocha comentou sobre o atual momento vivido entre Pedrinho e a 777 Partners no Vasco da Gama. Para o campeão do mundo em 94, o presidente se encontra em posição de que não há o que ser feito.

Amigo próximo de Pedrinho, Ricardo se colocou à disposição para ajudar no Cruzmaltino, no entanto, é preciso que o presidente entenda que, com os moldes atuais, as limitações seguirão as mesmas.

“Eu não gostei da entrevista porque não precisava daquilo. Os jornalistas faziam a pergunta e ele pedia permissão pra advogada, que não deixava. Acho que foi até preparado para ele dizer: ‘Parem de me perguntar sobre futebol porque eu não tenho o que fazer”, iniciou.

Clique AQUI e confira a entrevista completa de Ricardo Rocha ao Basticast

“Até o Alexandre (Campello), eu vi, falando que ele vai cuidar da piscina. E vai mesmo! Essa é a função dele, Pedrinho é uma pessoa boa e meu amigo, se precisar de ajuda, vou ajudar. Mas fazer o que? A SAF tem 70% e ele 30%. […] Foi uma coisa que ele quis, mas não esperava isso. Mas ele vai ser um bom presidente pro basquete, vôlei. É o que tem pra se apegar”, completou.

Insatisfação de Pedrinho e posicionamento da SAF

Em sua primeira coletiva como presidente do Vasco, Pedrinho não escondeu frustração por ter pouca participação nas decisões acerca de futebol do clube.

“Não posso falar. Posso falar sobre a relação. Existe uma relação fria. Muito mais de registros, do que de interação. Mas Pedrinho, você não disse que seria proativo? Fui proativo. Dei minha opinião sobre o diretor executivo, dei minha opinião. Me pediram a liberação de um projeto que estava preso desde março, foi pedido numa quinta-feira de dezembro, e na sexta-feira, de manhã, já estava liberado R$ 4 milhões do projeto incentivado – três para a base e um para o feminino”, disse na época.

Em contato com o “ge”, Josh Wander, representante da 777, afirmou que se reuniu com o presidente para alinhar as expectativas. “O que nos une é o amor pelo Vasco, e isso deveria ser mais forte do que qualquer desentendimento que possamos ter. Eu considero qualquer pessoa que quer o melhor para o Vasco como um aliado. Por isso, eu sinceramente espero que nossos times possam trabalhar juntos, ao mesmo tempo em que respeitem o fato de que nossa equipe liderada pelo Lúcio Barbosa é quem toma as decisões finais”, comentou Josh.

Quer ficar por dentro de tudo sobre temporada do Vasco? Visite o site do 365Scores e saiba confira a tabela de pontos atualizada, estatísticas, elenco atualizado, transferências e mais!

Desenvolvido por365Scores.com

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.
Botão Voltar ao topo