FutebolBrasileiro - Série A

Renato Gaúcho manda recado após derrota do Grêmio para o Inter: “Se eu estiver atrapalhando, saio eu”

Depois de mais uma derrota, dessa vez por 1 a 0 no clássico contra o Internacional, Renato Gaúcho fez forte desabafo em entrevista coletiva no Grêmio. Mesmo com dois jogos a menos, o Tricolor figura a penúltima colocação do Campeonato Brasileiro.

“Os resultados não estão vindo, mas a sorte também não está vindo. E daqui a pouco a sorte vem. Tenho acompanhado os jogos do Campeonato Brasileiro, tem times que não estão jogando nada, mas ganhando. Mas daqui a pouco a bola começa a entrar, a gente volta a vencer. Não vamos ficar perdendo toda hora. O que vamos fazer? Continuar o trabalho. Se alguém achar que o trabalho está ruim, eu saio, sem problema algum. Se eu estou atrapalhando, fala. Traz outro aqui. O cara às vezes vê coisas aqui que eu não estou vendo. Talvez o cara mude e tenha mais opções”, iniciou

“Quer que eu fale o quê? A realidade é essa. Ou se tem paciência ou se muda tudo. Eu jamais vou atrapalhar, pode ter certeza disso […] Vou para trabalhar, não para roubar. Não vou para me aproveitar de uma situação. Não tenho multa. Se eu resolver pegar a mala e ir embora, eu vou, da mesma forma o clube. Se eu estou atrapalhando, saio eu sem problema algum. Ou a gente se fecha, dá as mãos e vai sair da situação, ou se muda tudo. É opção A ou opção B”, completou.

google news Logo
Google Notícias
Grêmio em jogo do Internacional
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato ainda reforçou que não é o momento para falar em rebaixamento, uma vez que o Brasileirão se encontra apenas na 11ª rodada. “Rebaixamento é muito, mas muito cedo para falar. Campeonato é difícil, mas isso não passou pela minha cabeça. O discurso do último jogo continua o mesmo. Daqui a pouco o Grêmio volta para o lugar dele. Só que enquanto não sair dessa situação… Hoje ninguém é bom, a realidade é essa. Tem que trocar o treinador, os jogadores não têm condições de jogar. É o trabalho de vocês, não estou nem condenando. No Brasil, você ganha, então você é bom. Às vezes o cara não é bom, mas está ganhando, então é bom. Quando não está ganhando, é ruim. Temos um grupo, um presidente, um vice, um executivo, está todo mundo no mesmo barco”, comentou.

Renato Gaúcho e a falta de peças disponíveis

Técnico de muitas conquistas pelo Grêmio, Renato lamentou a falta de opções por lesão. Ele ainda reforçou, mais uma vez, que se não sentisse que era capacitado para comandar o time, já teria pedido demissão.

“Se não me sentisse capaz, já teria saído. Mas às vezes a gente peca por falta de peças em algumas posições. Chega em um clássico e eu coloco um zagueiro lá na frente, a gente enxerga a dificuldade do grupo. Diego (Costa) vinha em uma fase muito boa e machucou. Estava tentando com o JP Galvão, todo mundo criticando, mas e aí, alguém faria alguma coisa diferente? Eu tenho que tentar improvisar e buscar alternativas”, disse.

“Não é que o Internacional tenha sido superior, mas GreNal é bola na rede. Eles fizeram e a gente não fez. Infelizmente tem horas que eu improviso ou continuo com o time em campo. A falta dessas peças muitas vezes leva à sequência negativa. Que a gente vai sair dessa? Tenho mesmo discurso do outro jogo, eu garanto. Mas a gente precisa acordar porque o Brasileiro é um campeonato bem traiçoeiro”, concluiu,

O Grêmio retorna aos gramados na quarta-feira (26) para visitar o Atlético-GO. Depois, o Tricolor terá duas partidas dentro de casa: Fluminense e Palmeiras. A CBF ainda não remarcou os dois jogos adiados.

Quer ficar por dentro de tudo sobre a temporada do Grêmio? Visite o site do 365Scores e saiba confira a tabela de pontos atualizada, estatísticas, elenco atualizado, transferências e mais!

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.

33562 Articles

Botão Voltar ao topo