FutebolBrasileiro - Série A

Ramón Díaz e VP do Fluminense trocam farpas sobre público no Maracanã

Os 25.842 torcedores presentes para Fluminense e Vasco se tornaram protagonistas no pós-jogo. Em coletiva depois da derrota por 2 a 1, Ramón Díaz questionou a baixa lotação do Maracanã para o clássico. Nas redes sociais, o vice-presidente do Tricolor das Laranjeiras, Mattheus Montenegro, rebateu.

“Me surpreendeu que num clássico tão importante do Rio tenha tão pouca gente. Não sei o motivo, não pode dizer. É uma lástima porque é um espetáculo de dois times que têm muita torcida, com muitos fãs. E o Vasco poderia ter enchido tudo. Me surpreendeu, parecia na pandemia (risos). Um jogo na pandemia. Se você dá a metade do estádio ao Vasco, ele vai encher. Não sei por que não se pôde (ter a divisão 50/50), disse Ramón.

Nas redes sociais, o VP do Flu não só afirmou que a divisão de 50/50 não aconteceu por conta do Vasco, como também provocou o rival. “O público não foi dividido porque o Vasco não aceitou o acordo proposto pelo Fluminense. Somos favoráveis a clássicos 50/50, mas, claro, respeitamos a decisão. Se o treinador trabalhasse mais e ironizasse menos, poderia ter conseguido um resultado melhor no jogo. Boa noite!“, escreveu.

Fluminense tentou acordo

Informações do “ge” apontam que, na semana passada, o Fluminense procurou o Vasco para estabelecer mando de campo com divisão 50/50 nos clássicos do Brasileirão. A única condição seria a liberação do setor sul para os tricolores, fato que causou divergência e impediu que um acerto fosse encontrado por ambas as partes envolvidas.

Com gols de Martinelli e Ganso, o Fluminense venceu sua primeira no Brasileirão 2024 e quebrou um tabu de 13 jogos sem vitórias em clássicos.

Quer ficar por dentro de tudo sobre a temporada do Fluminense? Visite o site do 365Scores e saiba confira a tabela de pontos atualizada, estatísticas, elenco atualizado, transferências e mais!

Desenvolvido por365Scores.com

Botão Voltar ao topo