EstaduaisMineiro

Otávio fala de clima para segundo clássico na Arena MRV: “Obrigação de vencer”

Na manhã deste sábado (2), o Atlético-MG realizou seu último treinamento antes do clássico contra o Cruzeiro, na Arena MRV. Em entrevista coletiva, o volante Otávio falou sobre o clima para o confronto, mas não demonstrou que há revanchismo no elenco.

“Clássico normal nunca é. Um jogo contra o principal rival dentro da nossa casa. Se falar que é um jogo normal, tá de brincadeira. Sabemos da importância que tem para os atletas, clube e a história do clube. Sabemos o que ocorreu na primeira partida. Sabemos da importância desse segundo jogo. Temos que entrar atentos do primeiro ao último minuto, para não sermos surpreendidos. E vencer, o Atlético tem a obrigação de vencer, principalmente jogando em casa. Trabalhamos muito bem na semana. Espero fazer um grande jogo junto com o grupo e sair com a vitória, que é o mais importante”, afirmou Otávio.

A partida mais importante para os dois clubes na primeira fase do Campeonato Mineiro será apenas a terceira rodada da competição. Assim como o técnico Felipão, o meio-campista afirmou que não é o ideal um clássico tão cedo, mas há outros fatores além da condição física no embate.

“A gente até comentou, os clássicos costumam ser colocados mais para frente, quando as equipes estão mais preparadas fisicamente. Claro quem tem que ter superação, entrega de todos do primeiro ao último minuto. Não estamos no melhor momento físico. É um clássico que não tem só a parte física, tem concentração, motivacional, técnica tática. É o primeiro ano que faço clássico no início da temporada, mas tenho certeza que faremos o melhor”, disse Otávio.

Quer ficar por dentro de tudo sobre temporada do Atlético-MG? Visite o site do 365Scores e saiba confira a tabela de pontos atualizada, estatísticas, elenco atualizado, transferências e mais!

Desenvolvido por365Scores.com

Eduardo Statuti

Repórter multimídia do 365Scores, que atua na cobertura de futebol nacional e internacional, com foco no cenário mineiro.

Copa do Brasil

Botão Voltar ao topo