Outros EsportesFutebol Americano

Os Melhores shows do intervalo do Super Bowl

O show do intervalo é uma atração à parte do Super Bowl e costuma reunir grandes nomes da música mundial. Além dos fãs de NFL, diversos telespectadores esperam qual será o artista definido para a apresentação no intervalo da decisão

Na edição de 2024, quem comandará o palco será Usher. Apesar de já ter participado de uma apresentação da grande final no show do Black Eyed Peas, em 2011, será a primeira vez que o norte-americano será a atração principal da noite.

Nomes como Rihanna, Coldplay, Katy Perry, Beyoncé e Bruno Mars também já assumiram o comando do show do intervalo do Super Bowl e levaram os fãs à loucura.

google news Logo
Google Notícias

Relembre os melhores shows do intervalo do Super Bowl

Michael Jackson (1993)

O show de Michael Jackson no intervalo do Super Bowl é um marco. Isto porque a história da final da NFL se divide antes e depois da apresentação do eterno rei do pop. Sucesso absoluto, o espetáculo foi um dos melhores da história da TV americana. A partir daí, a liga passa a tentar atrair mais nomes de peso, e o evento ganha a dimensão que tem hoje. 

Paul McCartney (2005)

O ex-Beatle Paul McCartney abriu a histórica apresentação com Drive My Car, de sua ex-banda, e fechou com Hey Jude.

Prince (2007)

Prince foi o responsável pro um dos grandes shows da história do intervalo do Super Bowl. Além de apresentar seus próprios sucessos, o cantor fez um passeio pela história do rock: abriu com We will rock you, do Queen, e fez uma releitura de Proud Mary, do Creedence Clearwater Revival. Ainda fechou com grande apresentação de seu clássico, Purple Rain.  

Beyoncé (2013)

Com uma introdução de Love on Top seguida por Crazy in Love, Beyoncé levantou os fãs no estádio Superdome, em Nova Orleans. A decisão ainda ficou na história também por retornar a Louisiana sete anos depois do furacão Katrina.

Bruno Mars (2014)

Com participação da banda Red Hot Chilli Peppers, Bruno Mars encantou os fãs do pop ao disparar um hit atrás do outros. Ele abriu a apresentação com Billionaire, seguindo com Locked Out of Heaven e finalizando com Just the Way You Are.

Katy Perry (2015)

Além de apresentar um grande show, Katy Perry fez um espetáculo visual no Super Bowl. Os sucessos Teenage Dream, California Gurls e Firework dividiram as atenções com efeitos, fogos e até bonecos representando tubarões. O evento também contou com as participações de Lenny Kravitz e Missy Elliott.

Coldplay (2016)

Além do número histórico do evento, o show do Super Bowl 50 foi carregado de simbolismos. Em meio ao crescimento da violência policial e aos protestos do “Black Lives Matter”, o evento teve participação de Bruno Mars e de Beyoncé. Os astros da música pop exibiram vestimentas semelhantes aos utilizados pelos Panteras Negras, dando o tom da performance.

Lady Gaga (2017)

Uma das grandes artistas pop fez um dos maiores shows do século no Super Bowl. Com sucessos como Poker Face, Just Dance e Bad Romance, a artista levantou mais de 70 mil presentes nas arquibancadas da decisão.

Shakira e Jennifer Lopez (2020)

O Super Bowl reuniu duas artistas latinas: Jennifer Lopez e Shakira. A dupla apresentou grandes clássicos de suas carreiras,  com direito a Whenever, Wherever e Hips Dont Lie, da colombiana, e Jenny From the Block e Get Right da porto-riquenha. E encerraram com o tema da Copa do Mundo de 2010, Waka Waka.

Dr. Dre, Snoop Dogg, Eminem e 50 Cent (2022)

O show reuniu grandes rappers da história e, sem dúvidas, foi um dos mais esperados pelos fãs desde o seu anúncio. Com a abertura de Dr. Dre e Snoop Dogg ao som de The Next Episode, apresentou clássicos do gênero como In da Club e Lose Yourself. A apresentação ainda ficou marcada por Eminem desafiando a NFL, ao ajoelhar para protestar contra o racismo, mesmo sem autorização da Liga para isso.

Rihanna (2023)

A escolha de Rihanna para ser atração principal do Super Bowl movimentou os fãs desde o anúncio. A cantora não subia no palco desde antes do nascimento de seu primogenito, tendo focado em sua linha de maquiagem. No entanto, na decisão, cantou seus hits, como Rude Boy, Bitch Better Have My Money, Work, We Found Love e Wild Thoughts, fez excelentes perfomances com os bailarinos e ainda com uma surpresa: grávida do segundo filho.

Foto: Kevin Mazur/Getty Images for Roc Nation

Polêmica em 2004 – Nipplegate

Em 2004, a NFL definiu Janet Jackson como a principal atração do show do intervalo. No entanto, um escândalo marcou a apresentação.

Durante o espetáculo, a cantora chamou Justin Timberlake para se apresentar. Enquanto os dois cantavam Rock Your Body, o cantor puxou a blusa de Janet Jackson, deixando seu sutiã vermelho à mostra e também seu peito. O caso ficou conhecido como “Nipplegate”.

O escândalo foi ridicularizado tanto dentro quanto fora dos Estados Unidos, e dividiu opiniões. Enquanto alguns viram o incidente como um sinal da decrescente moralidade na cultura nacional, outros o consideraram “inofensivo” e sentiram uma quantidade excessiva de atenção e reação negativa.

E para saber tudo sobre futebol americano e Super Bowl, visite o site do 365Scores! Lá você encontra todos os jogos dos campeonatos, tabela de classificação e mais!

Redação 365Scores

A redação do 365Scores é atualmente integada por seis redatores. Entre nós, produzimos conteúdo sobre todos os esportes diariamente - desde as hardnews até os mais elaborados com fatos curiosos.

33843 Articles

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo