Outros EsportesVôlei

Bernardinho define a lista de 14 inscritos para a estreia na Liga das Nações

Após um longo período de treinos e testes, o técnico Bernardinho definiu nesta segunda-feira (20) a lista dos 14 jogadores inscritos para a estreia da seleção masculina na Liga das Nações, nesta terça-feira (21), às 21h (de Brasília), no Maracanãzinho, contra a Cuba.

Com cinco centrais no grupo, o Bernardinho optou por utilizar Flavio, Isac e Lucão na estreia contra os cubanos. A equipe ainda conta com os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa, os opostos Darlan e Alan, os ponteiros Adriano, Arthur Bento, Leal, Lucarelli e Mauricio Borges. Por sua vez, os líberos são Honorato e Thales.

Apesar de contar com 17 atletas no total, nesta edição do torneio, assim como na Liga das Nações Feminina, os técnicos poderão modificar os jogadores inscritos a cada partida. Com isso, Bernardinho revezará seus jogadores para que possam ter um tempo de descanso maior.

Confira os jogadores relacionados por Bernardinho

Levantadores

Bruninho 
Fernando Cachopa

Opostos

Darlan
Alan

Ponteiros

Adriano
Arthur Bento
Leal
Lucarelli
Mauricio Borges

Centrais

Flavio
Isac
Lucão

Líberos

Honorato
Thales

Outras três jogadores foram inscritos para a primeira semana da Liga das Nações e poderão ser utilizados pelo técnico nas próximas partidas. Vale lembrar que Bernardinho envia uma nova lista de 14 jogadoras antes de cada jogo.

Lukas Bergmann – Ponteiro
Otávio – Central
Judson – Central

A Liga das Nações Masculina 2024 acontece do dia 21 até o dia 30 de junho, em diferente sedes, reunindo as 16 melhores seleções do mundo. As próximas partidas da seleção brasileira, no Maracanãzinho, são contra Argentina, Sérvia e Itália.

Relembre a rivalidade entre Brasil e Cuba

A partida entre Brasil e Cuba marca mais um capítulo de rivalidade histórica no vôlei masculino, que nasceu no início dos anos 90 e segue viva até os dias atuais.

Ambas as seleções já se enfrentaram em pelo menos 18 oportunidades nos últimos 20 anos, com retrospecto bastante equilibrado, porém mais positivo para o Brasil, que possui 12 vitórias contra seis de Cuba.

Com isso, nós, do 365Scores, separamos um retrospecto da rivalidade cubana e brasileira, em competições internacionais e nacionais, que perdura até hoje. Vem com a gente!

Brasil x Cuba nas Olimpíadas

Até o momento, Brasil e Cuba se enfrentaram seis vezes nos Jogos Olímpicos, e sempre com a seleção brasileira na ponta.

Em 1972, em Munique, houve o primeiro confronto entre as equipes o qual foi marcado pela vitória cubana por 3 sets a 2. No entanto, em 1992, nas Olimpíadas de Barcelona, os brasileiros venceram o rival na fase de grupos por 3 sets a 1, o que posteriormente traria o primeiro ouro.

Por sua vez, em 1996, em Atlanta, foram dois confrontos e duas vitórias do Brasil: a primeira foi na fase de grupos, e a segunda na disputa pelo quinto lugar, ambas por 3 sets a zero. O último confronto entre as seleções aconteceu nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, também em dois confrontos e com duas vitórias brasileiras, por 3 sets a 0 e 3 sets a 2, respectivamente.

Brasil x Cuba no Pan-Americano

Ao contrário das Olimpíadas, os Jogos Pan-Americanos a história é diferente. Ao todo, as equipes se enfrentaram em seis finais, e a de 1999, em Winnipeg, foi a mais marcante. Isso porque, em uma disputa acirrada pelo ouro decidido somente no tie-brake, a seleção cubana acabou vencendo por 3 sets a 2, com parciais de 20-25, 25-14, 25-17, 23-25 e 12-15, e levou a medalha para casa.

No entanto, a revanche veio em 2011, em Guadalajara, México. A seleção brasileira ficou com o ouro masculina ao bater o rival na final por 3 sets a 1.

Apesar da rivalidade, no quadro geral das duas seleções, quem leva a melhor é Cuba. Tanto no vôlei masculino quanto no feminino, os cubanos seguem como os maiores medalhistas Pan-Americanos com 13 ouros, oito pratas e quatro bronzes. Já os brasileiros possuem oito ouros, dez pratas e sete bronzes, sendo quatro ouros, sete pratas e cinco bronzes no masculino.

Bernardinho comanda primeiro treino após retorno à Seleção masculina de vôlei

A seleção brasileira masculina de vôlei começou os treinamentos visando a Liga das NaçõesA atividade contou com o retorno do técnico Bernardinho para o comando da equipe principal.

Em imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver os jogadores convocados escutando as primeiras palavras do treinador. O time está hospedado no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema, e terá pela frente um longo período de treinos.

Retorno de Bernardinho na Seleção

Após conseguir vaga para Paris no Pré-Olímpico, o ex-treinador da Seleção, Renan Dal Zotto, deixou o cargo para cuidar de sua saúde física e mental.

Bernardinho
Foto: Getty Images

Com isso, Bernardinho retornou à seleção brasileira e tentará liderar, pela quinta vez, a equipe rumo ao pódio Olímpico. Ele esteve na frente das equipes que levaram consecutivamente o ouro em Atenas 2004, a prata em Beijing 2008 e Londres 2012 e o ouro na Rio 2016. O Brasil foi tricampeão mundial (2002, 2006 e 2010) sob seu comando.

Para saber todos os jogos de vôlei ao vivo, entre no 365Scores! Fique por dentro dos históricos dos confrontos, notícias, estatísticas, elencos e muito mais!

Desenvolvido por365Scores.com

Duda Lima

Me chamo Maria Eduarda Lima, mas sou conhecida como Duda Lima. Formada em Jornalismo na PUC Rio, e estou prestes a conquistar a segunda Graduação em Publicidade e Propaganda. O esporte sempre esteve presente na minha vida por conta dos meus pais, principalmente quando o assunto é futebol e vôlei. Então trabalhar no mundo esportivo sempre foi um sonho para mim!

95 Articles

Botão Voltar ao topo