Campeonato PortuguêsFutebol Internacional

Benfica emite nota e dá sua versão para saída de Jorge Jesus

As declarações polêmicas de Jorge Jesus não repercutiram somente no Brasil, como também na Europa, mais precisamente em Portugal. Em um comunicado oficial, o Benfica deu a sua versão sobre a saída do treinador no fim do ano passado.

Segundo relatou o técnico, ele afirmou ter conversado com o Benfica para deixar o clube quando o time carioca o procurou em dezembro de 2021, mas não o fez devido à alta multa rescisória. Além disso, em suas declarações ao “UOL Esporte”, disse que gostaria de retornar ao Flamengo e colocou um prazo até o próximo dia 20.

“O Sport Lisboa e Benfica esclarece que em nenhum momento Jorge Jesus solicitou que o deixassem sair do clube ou se mostrou disponível para abdicar das remunerações a que teria direito até ao final da temporada. Mas se enfatiza, de novo, que as duas partes entenderam que a rescisão por mútuo acordo era a melhor solução na defesa dos interesses do Sport Lisboa e Benfica, ficando igualmente acordado que a contratação de Jorge Jesus por parte de um novo clube implicaria com o encerramento de todas as obrigações contratuais que ligam as partes até ao final da atual temporada”, diz o comunicado do Benfica.

Em sua última passagem pelo time português, iniciada em agosto de 2020, Jorge Jesus teve 53 vitórias, 16 empates e 14 derrotas em 83 jogos. Apesar do bom aproveitamento, ele não conseguiu conquistar um título sequer com a equipe, mesmo com o alto investimento em reforços.

Uma das razões listadas para a sua saída do cargo foi a péssima relação com o elenco, especialmente com Pizzi. Segundo os relatos do jornal “Record”, Jorge Jesus afastou Pizzi, um dos capitães da equipe, e o colocou para treinar em separado.

Os jogadores, por sua vez, reagiram contra a decisão e indicaram que também não trabalhariam em forma de protesto, até que o treinador precisou voltar atrás e reincorporar o atleta de 32 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo